Geração Millennials

MILLENNIALS

Eles já representam 30% da população brasileira – e 20% da mundial – e estão revolucionando as relações comerciais e profissionais ao redor do globo.

Quem são eles? Há diversas maneiras de explicar. Conhecidos como a Geração Millennial, eles cresceram junto com a tecnologia e, desde muito cedo, tiveram acesso à internet, o que significou uma oferta enorme de informações em tempos cada vez mais curtos.

É a Geração “Always On”. Sim, eles estiveram e estão conectados o tempo todo. Eles aprenderam a lidar com alta tecnologia com uma facilidade incrível, pois eles ‘cresceram’ juntos. Tiveram a ‘infância/adolescência’ baseada nas conversas via MSN e chegaram na atual ‘fase adulta’ conectada em smartphones, laptops e tablets, onde se comunicam através de diversas plataformas.

E bem sabemos como o ambiente é essencial na definição das personalidades de cada indivíduo (ou de cada grupo). O contexto dos Millennials ofereceu a possibilidade do desenvolvimento de características bastante marcantes para tal geração. Autenticidade, engajamento, conectividade e impaciência são algumas delas.

A busca por um propósito maior na vida profissional e, consequentemente, dentro de uma empresa; a simplificação de processos; o engajamento das marcas e o respeito com o consumidor; a rapidez nas respostas e a valorização da experiência ao invés do consumo são algumas das consequências diretas de tais características nas formas de se relacionar dos questionadores e exigentes Millennials.

Por isso, para conversar e agradar este público – que atualmente já representa um poder de compra bastante elevado de cerca de US$ 2,45 trilhões segundo a revista FORBES – é preciso interagir no meio digital, em diferentes plataformas, com linguagens e conteúdos relevantes e adequados para cada uma delas.

É necessário compreender que o valor das atitudes para a construção de um mundo melhor é levado em conta na hora de comprar/consumir. É indispensável demonstrar propósitos para que o seu negócio tenha a possibilidade de fazer algum barulho e atrair a atenção do grupo que, cada vez mais, é buscado pelas empresas.

Eles, que serão os responsáveis por 75% da força de trabalho mundial até o ano de 2025, fazem com que empresas e consumidores se relacionem de maneiras diferente, buscam novas maneiras de consumo e querem mudar as relações de trabalho e as famosas hierarquias que se estabelecem dentro de ambientes corporativos.

E o fato é que eles têm conseguido mudar padrões, fomentar diálogos e abrir novas discussões. Eles encontraram o seu lugar no mundo: todos querem alcançar a Geração Millennial.

O século do bambu

Neobambu-268-baixa

Que as aplicações de bambu nos setores de construção civil e arquitetura ganharam muito espaço nos últimos anos é inquestionável. Além de dar um acabamento moderno, sofisticado e natural aos espaços, a utilização de uma matéria-prima mais sustentável do ponto de vista ambiental se fez necessária.

O bambu, então, assumiu o status de madeira do futuro, uma grande promessa para este século. E isso não se deu à toa, são diversos os motivos para tamanha aposta no material: trata-se de uma espécie de fácil propagação, ou seja, não é necessário um manuseio complexo e o crescimento é bastante rápido – em cerca de três anos já está pronto para o corte; apesar de parecer, não se trata de uma matéria-prima frágil; tem grande durabilidade quando tratado de forma correta – podendo ser superior a 25 anos e apresenta um excelente potencial econômico.

Neobambu-237-baixa

Soma-se a tudo isso o fato de o bambu ser um importante neutralizador de carbono. Sua árvore funciona como uma eficaz ‘sequestradora’ do CO2 lançado na atmosfera no dia a dia, que atualmente é excessivo. Por isso, o bambu é considerado um aliado ambiental.

Ainda, a grande variedade de espécies (só no Brasil são mais de 200) abre possibilidades para a utilização desta tecnologia limpa em distintos setores além da construção e arquitetura como, por exemplo, a produção de energia, combustível, proteção de mananciais, alimentação, decoração, etc.

Destroyed_Scratch_Black Scratch_Grey Washed_White_Misto_baixaresolucao

Com tantos benefícios, a China e o Japão já apostam na utilização deste material há anos em suas produções industriais. No Brasil, no ano de 2011 criou-se a Lei do Bambu, que oferece aos agricultores familiares um incentivo econômico para fomentar o manejo sustentável e o cultivo de espécies nativas. A proposta visa transformar os bambus brasileiros em florestas capazes de gerar emprego, aumentar a renda de trabalhadores e conseguir créditos de carbono.

Destroyed_Washed_White_still_baixaresolucao

Ainda é cedo para grandes e significativas mudanças, mas os inquestionáveis benefícios do bambu, quando empregado na indústria, e os excelentes resultados ambientais que o material apresenta indicam que estamos indo por um bom caminho.

Vida longa ao bambu!

Guilherme Torres e NEOBAMBU na Casa Cor SP 2016

 

neobambu-6389

Aí está uma parceria que deu certo! Esta não é a primeira vez que o arquiteto Guilherme Torres escolhe revestimentos NEOBAMBU para compor seu ambiente na Casa Cor. E, como sempre, nos surpreendeu com o resultado.

neobambu-6239

 

No espaço intitulado como “2026: O dia depois de amanhã”, o profissional antecipa o futuro da cozinha como um espaço de convivência mais elementar da casa em um ambiente onde os elementos fogo e gelo cedem lugar à tecnologia da indução e ao design da emoção.

neobambu-6234

Tecnologia que também está presente nos pisos e revestimentos de bambu NEOBAMBU que compõem a cozinha futurista assinada pelo profissional. A madeira do futuro traz bem-estar dos moradores, além de ser uma fonte rapidamente renovável e não retirada das florestas brasileiras.

neobambu-6390

O produto Densità Natural Demolição da coleção NEOClassica foi estrategicamente pensado para compor o forro e a passagem principal do ambiente. O revestimento também foi utilizado nas molduras do painel e na tábua de corte.

neobambu-6387

Com o tema “Celebração à Casa”, a 30ª edição da casa Cor SP é aberta ao público até 10 de julho, no Jockey Club, em São Paulo.

Mais informações no nosso post anterior (clique aqui).

30ª edição da Casa Cor SP: vamos celebrar?

Jardim de Entrada Casa Cor SP by AlexHanazaki
Jardim de Entrada Casa Cor SP by AlexHanazaki.

A Casa Cor SP está comemorando sua 30ª edição e nada mais apropriado do que propor aos arquitetos, designers e paisagistas participantes a pensarem na casa como espaço de celebração da vida. Não é mesmo? O resultado deste convite pode ser apreciado até o dia 10 de julho no Jockey Club, em São Paulo.

Experiência Ornare by João Armentano.
Experiência Ornare by João Armentano.

Além do retorno de dois grandes nomes: João Armentano e Alex Hanazaki, a mostra conta com a participação de profissionais renomados, como: Roberto Migotto, David Bastos, Brunete Fraccaroli, Dado Castello Branco, Guilherme Torres e Pedro Lázaro. Otto Felix, Marilia Pellegrini e Michel Safatle compõem a lista de novos talentos.

Tributo aos 30 by Roberto Migotto.
Tributo aos 30 by Roberto Migotto.

A novidade desta edição é a utilização do Ambulatório do Jockey. Construído no início do século 20 pelo arquiteto francês Henri Paul Pierre Sajous, o prédio será restaurado para a mostra reafirmando o compromisso com a valorização do patrimônio histórico.

Ambulatório do Jockey Club.
Ambulatório do Jockey Club.

Com a missão de apresentar uma obra mais limpa, sem desperdício e com reaproveitamento de resíduos, a preocupação com o meio ambiente continua nesta edição. A parceria com a Brilia garante ambientes com tecnologia 100% LED e a consultoria da Inovatech em todo o processo de construção e manutenção diárias continua, com o objetivo de, até 2020, conquistar do selo Aqua HQE – certificação francesa para construções sustentáveis.

Living da Praia by David Bastos.
Living da Praia by David Bastos.

Assim como em todos os anos, os visitantes da CASA COR poderão contar com um roteiro cultural completo, com atrações para toda a família e opções de entretenimento e gastronomia, vivendo experiências de morar que inspiram, emocionam e transformam a casa, em sintonia com o espírito da época.

Casa da Sissi by Brunete Fraccaroli.
Casa da Sissi by Brunete Fraccaroli.

Destaque para a Cozinha Gourmet do arquiteto Guilherme Torres, que optou pelo bambu, a madeira do futuro, para revestir o piso, o forro e alguns acessórios na Casa Cor SP 2016. Aguarde em breve um post especial sobre o ambiente!

Cozinha Gourmet by Guilherme Torres.
Cozinha Gourmet by Guilherme Torres.
Living e Jardim de Inverno by Dado Castello Branco.
Living e Jardim de Inverno by Dado Castello Branco.
Espaço das Interlocuções by Pedro Lázaro.
Espaço das Interlocuções by Pedro Lázaro.

Serviço
30ª Casa Cor SP
Quando: de 17/5 a 10/7. Terça à quinta das 12h às 21h / Sexta, sábado e feriados das 12h às 21h30 / Domingo das 12h às 20h.
Onde: Jockey Club (Av. Lineu de Paula Machado, nº 775), Cidade Jardim, São Paulo.
Quanto: De terça a quinta-feira (Inteiro: R$ 52 / Estudante: R$ 26 / Pessoas com 60 anos ou mais: R$ 26)
Sexta, sábado, domingo e feriados (Inteiro: R$ 65 / Estudante: R$ 32,50 / Pessoas com 60 anos ou mais: R$ 32,50)
Passaporte único: R$ 150,00

Mais Informações no site www.casacor.com.br.

 

Calma e serenidade na hora do chá

minax-lotus-zupi-9

Quando se fala em casa de chá logo vem em mente um ambiente aconchegante e tranquilo. Ainda mais quando se trata da China.

minax-lotus-zupi-5

A importância da hora do chá serviu de inspiração para criação da Casa de Chá Bambu & Lótus, projetada pelo escritório chinês, Minax, para a Exposição Internacional de Cultura Chinesa, no Centro de Exposições Aquilaria & Living.

minax-lotus-zupi-1

O resultado foi um espaço sereno e tranquilo, composto por 500 peças de bambu, com 6 cm de diâmetro, cada uma com tamanho diferente. A iluminação fica por conta de pequenos spots instalados dentro dos bambus cortados.

minax-lotus-zupi-10

Para finalizar, uma grande mesa de chá, juntamente com os mobiliários periféricos inspirados na flor de lótus, complementam a decoração deixando o ambiente ainda mais zen.

minax-lotus-zupi-3

minax-lotus-zupi-7